Câncer colorretal:

Para prevenção deste tipo de câncer, recomenda-se atividade física regular, dieta rica em frutas e vegetais, baixo consumo de carne vermelha, evitar ingesta de álcool em excesso e não fumar.

Para rastreio deste tipo de neoplasia, recomenda-se realizar colonoscopia a partir dos 50 anos de idade na população em geral.

Os primeiros sinais e sintomas que costumam aparecer são: alteração do hábito intestinal (diarreia ou constipação), sangue nas fezes e dor abdominal.

 

Câncer de próstata:

Para prevenção deste tipo de câncer, recomenda-se manter o peso adequado, evitando a obesidade, e dar preferência à dieta com baixa ingestão de gordura animal.

Para rastreio deste tipo de neoplasia, recomenda-se consultas anuais com urologista para dosagem de PSA e toque retal a partir dos 50 anos na população em geral.

Os primeiros sinais e sintomas que costumam aparecer são: jato urinário fraco, urgência urinária, nictúria (maior eliminação de urina durante a noite).

 

Câncer de mama:

Para prevenção deste tipo de câncer, deve-se procurar manter o peso adequado, pois sobrepeso e obesidade são fatores de risco para câncer de mama nas mulheres pós menopausadas. Evitar ingestão de álcool e não fumar também são medidas preventivas. Exercícios físicos regulares são recomendados.

Para rastreio deste tipo de neoplasia, recomenda-se mamografia a partir dos 50 anos de idade na população em geral.

A maioria das mulheres são assintomáticas no momento do diagnóstico, porém algumas delas descobrem a doença após palpar nódulo endurecido em mama ou notar retração do mamilo ou mesmo vermelhidão local. O autoexame das mamas pode identificar esses sinais.

 

Câncer gástrico:

Para prevenção deste tipo de câncer, deve-se evitar tabagismo e abuso de álcool. Tratar infecção pelo H.pylori, identificada em biopsias endoscópicas. Importante evitar dieta com alto teor de sal e comer vegetais.

Rastreio desse tipo de neoplasia se faz através de endoscopia digestiva alta, não sendo estabelecida uma idade adequada para início do exame.

Os sintomas mais comuns da doença são: sensação de empachamento gástrico, náuseas, anorexia e perda de peso.

 

Câncer de colo de útero:

Para prevenção deste tipo de câncer, recomenda-se vacinação contra o vírus HPV. Evitar o tabagismo também é medida preventiva. Deve-se evitar anticoncepcional por uso prolongado.

Realizar acompanhamento com ginecologista para exame de citologia cervical (Papanicolau ) é importante para o diagnóstico precoce. O exame é realizado anualmente, a partir dos 21 anos. Após 2 exames consecutivos normais, realiza-se a cada 3 anos

Geralmente os pacientes são assintomáticos, porém a doença pode se manifestar como sangramento vaginal irregular.

 

Câncer de pulmão:

Para prevenção deste tipo de câncer, recomenda-se não fumar. Evitar contato com material derivado de amianto (caixas-d’água, lonas e pastilhas de freios para carros, ônibus, caminhões, papelões, juntas automotivas, tintas, plásticos reforçados, entre outros).

Triagem anual, a partir dos 55 anos, com tomografia de tórax em pacientes com 30 anos de hábito de tabagismo, incluindo aqueles que deixaram de fumar nos 15 anos anteriores, demonstrou uma diminuição no câncer de pulmão e em todas as causas mortalidade.

Principais sinais e sintomas da doença são: tosse, falta de ar, dor torácica e perda de peso.

 

Fique atento:

É importante que, logo após o diagnóstico, o paciente seja encaminhado a um oncologista para início do tratamento e acompanhamento.

Durante o tratamento, é de extrema relevância que o paciente faça acompanhamento com nutricionista para dieta adequada e para que tenha melhor tolerância ao tratamento oncológico. Muitas vezes, o acompanhamento psicológico é importante.

 

Deve-se evitar, durante o tratamento quimioterápico, ingesta de alimentos crus, contato com pessoas doentes e realização de procedimentos invasivos (incluindo procedimentos dentários) devido à queda da imunidade.